Unconditional. 

Muitas vezes me perco de mão na mão. São os momentos só nossos, tão gigantes, que me fazem fechar os olhos. Nem sempre consigo isto, muito menos consigo a ligeireza para, de mansinho, fotografar o momento. Há minutos muito nossos, tu que vieste de mim, tu que és uma extensão de mim.. 

**

 

Advertisements