25 Abril, Sempre!

Porque há 45 anos muitos lutavam pela liberdade que hoje temos, pela liberdade de escrever (esta liberdade que nós tanto apreciamos e que muitas vezes nem nos lembramos que não foi sempre assim), pela liberdade de estar, de viver, de falar, de respeitar as diferenças. Porque muitos lutaram, saíram à rua numa cruzada que lhes haveria de sair vencedora. Nasci dois anos depois da revolução e por isso só os meus pais se lembram desses tempos árduos. Sei a forma como comemoram Abril, o empenho e a perseverança com que fazem questão de estar presentes.

Abril tem que ser para comemorar sempre. Nem que seja em silêncio e em agradecimento. Prezo muito a liberdade que tenho de, aqui, tudo poder escrever, sobre todos os temas, sobre todas as minhas angústias, sobre tudo aquilo que sinto.

Viva a Liberdade, Hoje e Sempre!

**

Advertisements