Like a small pea…

O mundo é uma pequena ervilha. Quantas pessoas especiais cabem no mundo de cada um?! Poucas, tão poucas. Pois se o mundo é uma pequena ervilha, lógica não podia ter que coubessem muitas…

Às vezes penso mesmo no quão fraca sou. No quão me vou abaixo quando os carris da vida se me desalinham…Fico impotente. Sem nada conseguir fazer, dizer ou sem ter discernimento para o que seja. Levanto-me das cinzas qual Fénix e lá vou eu como se nada fosse. Uns apercebem-se outros não. A vida é uma correria, ninguém se olha com olhos de ver, ninguém se auxilia, ninguém estende a mão…Não sou pessoa de dar parte fraca. Antes me isolo, e sofro, sofro muito. Sem nunca dar parte fraca. Não consegui ser a mesma pessoa esta semana. Fui uma réstia do que sou mas disfarcei bem. Muito bem aliás.

Tenho dificuldade de largar o preto. Mesmo com mais de 25 graus. O meu estado de espírito permitirá que vista cor quando assim entender.

O mundo é mesmo uma pequena ervilha…

**

Advertisements