Hidden Figures.

Tenho-me obrigado a respirar menos telemóvel, a deixar de procurar desenfreadamente soluções que não existem para os meus problemas. Por detrás dos écrans podem estar muitas respostas, infelizmente muitas vezes não aquelas que procurávamos. E isso pode ser duro e violento.

Tenho visto muito mais cinema. E muitas vezes nem é preciso procurar muito. Hoje na SIC deu um filme soberbo que adorei.

Hidden Figures na tradução Elementos Secretos, reporta-nos (e tem sido uma recorrente nos filmes marcantes que tenho visto) para o quão estúpido e avassalador pode ser o racismo. Eu acho, e não serei a única, que o racismo é do pior que pode existir. Sim porque ainda existe, em muitas mentes, em muitos países, dentro de muitas organizações. Intolerável, Inadmissível são apenas algumas das palavras que tenho para o catalogar.

Porque a genialidade é transversal a todas as classes sociais, credos, raças, porque os filmes simples podem ser tremendamente excelentes com argumentos que tocam, porque é preciso, tantas vezes, dar uma oportunidade a quem tem valor, porque cresci numa terra onde me habituei a ter na mesma proporção, ou mais até, pretos e brancos, porque lhes chamo assim sem nenhum despudor, porque os respeito, porque tenho orgulho de não ser nem meio por cento racista, porque sou muito bem resolvida neste assunto e sou frontal, por tudo isto…

…este é um filme obrigatório!

P.S. A minha paranóia com mãos levou-me a fazer click. A primeira imagem foi a imagem do filme que a minha retina fixou, que me hipnotizou.

**

Advertisements

Bom dia, domingo.

Um sol que ofusca, uma temperatura do caraças, parece que chegou o Verão durante uns dois dias. É aproveitar para ganhar cor!

Bom dia para esse lado

**