Sou completamente apologista da máxima que nada, mesmo nada, acontece por acaso. Cada vez tenho mais a certeza disso.

Gostava que o meu dia tivesse tido outro rumo, que corresse como o tinha planeado, mas a vida é assim mesmo e o que não tinha que ser é porque não tinha mesmo que ser.

Enfim. Só me resta dizer, Enfim!

**