Boa Noite.

Já há muito tinha percebido que a fotografia salva. Que nos pode fazer agarrar de novo à natureza, ás pessoas, a tudo quanto de mágico existe e que, tantas vezes, insistimos em não olhar com olhos de ver.

Ontem agarrei-me ao meu cartão SD. Tinha lá 924 fotografias de todo este ano e ainda um resto do ano passado. Para um ano é muito pouco, sendo que tive alturas em que tirava centenas de fotografias por dia. Nunca perdi a paixão pela fotografia mas fotografei, nos últimos tempos, muito menos.

Hoje, liguei o computador que não ligava há muito tempo e toca de ver num ecrã em condições o que por ali andava. Tempo estúpido aquele que perdemos em écrans de telemóvel. Ver fotografias têm que ser como o cinema. Num ecrã a sério têm muito mais impacto e piada.

Ontem fiz alguns contactos para fotografar espaços que há muito queria fotografar. Um dos locais foi aprovado pela herdeira que ficou muito lisonjeada com o meu pedido. O outro penso que não perceberam que queria apenas fotografar, pensavam que queria dar um mergulho na piscina do espaço (WTF?!). Eu lá pediria em algum local para dar um mergulho numa piscina privada?! Há gente com muita falta de noção…

Prometo mostrar o resultado final..

Boa Noite para esse lado.

**