A Greta desta Vida.

Amanhã arranca uma semana nova. Que seja menos trabalhosa do que esta. E menos agitada em termos de causas ambientais. Devo ter sido a única pessoa do Mundo que ainda não se pronunciou sobre a Greta Thunberg. E olhem que pouco engraço com toda esta história, com tudo isto que me cheira a muito pouco natural e tudo muito encenado.

Não sei da missa um terço mas já estou como uma Blogger que lia há uns dias e que escrevia que a gaiata não lhe transmite boas energias, boas “vibes”. Olhem que em calhando a mim tb não. E há meio mundo a falar dela e meio mundo a falar mal dos que falam mal dela e enfim é um novelo muito enrolado. E sim a gaiata tinha mais era que estar na escola em vez de descansar no catamaran..E olhem que me preocupo com o ambiente. Faço reciclagem de tudo, mesmo tudo. Até o óleo que me aborrece solenemente separar. E penso sempre que o planeta se queixa e temos visto que sim. Mas não são precisos estes preciosismos. Cá para mim acho um pouco estranho. A gaiata é pouco maior que o meu filho (se não for mais pequena) e parece-me ter uns 13 anos (sei que tem 16!). Porque haveria de andar a correr mundo com uma idade destas por causa da defesa desta causa?! Precisamos de jovens que influenciem outros, ninguém lhe tira o mérito das horas que dedica à causa, mas há coisas com as quais não concordo.

É impressão minha ou a miúda tem sempre um ar azeado, chateado?!

Ao menos o Marcelo não foi lá tirar uma selfie. Isso já foi de valor.

**