Bom dia, pós-tempestade.

O dia a seguir às tempestades é sempre aquele dia cheio de lixo nas varandas, onde ainda chove mas é como se tudo estivesse sereno porque já não há assobios de vento e tudo pelos ares. É o dia de fazer contas aos estragos e perceber que a Mãe Natureza é a mais forte. De todas.

Bom dia para esse lado.

**