New Year. New One.

Não sou muito de resoluções de Ano Novo. Quase nunca as cumpro e sempre que me proponho, alguma coisa falha.

Já aqui disse o que pretendo mudar neste começo de ano civil:

Mais cor na minha roupa, mais exercício físico, menos kilos, mais fotografias, mais tempo com a minha Mãe, mais comida saudável, mais tempo de qualidade, mais leitura, mais viagens, menos dores.

Hoje, neste dia que continua a ser estranho, que não é carne nem peixe, que está a meio gás, com muita gente de regresso ao trabalho e outros nem por isso…deixei-me dormir até tarde, nem sei se sonhei porque não me lembro, está um frio de rachar e devia cumprir a tal resolução de ano novo e ir ao cabeleireiro…mas qual quê, tenho lá alguma paciência para ir ao cabeleireiro?! Não tenho, nada, nadinha e cada vez tenho menos. Também devia ir ao médico tratar deste pescoço mas espero sempre que o tempo, nesta como noutras coisas, me ajude e me salve..

Primeira resolução de hoje: substituir o esfregão da loiça que sou “melher” de diariamente lavar louça à mão e é nestas pequenas coisas que o termo “novo” faz diferença.

Bom arranque de ano! Que seja cheio de saúde.

**