Another one.

Dias que se forram a enxaquecas. Daquelas que se adivinham, de tão previsíveis que são. Sensação boa de trabalho bastante adiantado, que só por si é uma mais valia que esta enxaqueca iria impossibilitar caso não estivesse feito.

Dos maiores prazeres da vida para mim é dormir. Aquele sono ferrado mesmo, aquele sono profundo. Uns podem chamar preguiça, outros o que quiserem. Cá para mim já estou naquela fase em que se puder e se me apetecer durmo. Sem dar grandes explicações ou justificações seja a quem for. Quando tenho trabalho, tenho trabalho ponto final. Posso acordar às 6 e andar na labuta até ás 10 da noite se necessário for. Quando não tenho é outra conversa. Os 43 trazem-nos muita coisa, esta capacidade de conseguir trocar as redes sociais e o digital por dormir é uma delas.

Bom dia para esse lado

**