Healthy Options II

Nem sempre sou a mais saudável das pessoas. Como doces, como fast food (não com muita frequência), uma vez por outra bebo refrigerantes, não como certinho, salto refeições, e por vezes deveria fazer muito mais exercício do que aquele que faço.

Os 40 trouxeram-me, para além de outras coisas, o perceber de facto que o meu corpo não é mais o mesmo e que se só tenho este convém cuidá-lo, amá-lo e protegê-lo. E é isso que a cada dia tenho tentado fazer. Abolir completamente as porcarias que como, fazer diariamente exercício e não me deixar enfiar na cova da solidão, que tantas horas de tantos dias, se escava à minha frente. Há momentos complicados, períodos desgastantes…

Fui treinar de novo. Interrompi algumas máquinas porque se revelou impossível estar ao lado de certas pessoas pelo cheiro nauseabundo com que se passeiam num ginásio. Completamente inacreditável, um cheiro de quem não se lava há muitos, muitos dias. Tirando esse aspecto foi um dia normal. Há um certo abrandamento nos ginásios, nos shoppings, devido ao Coronavirus. É um facto e está a acontecer. As pessoas tem receio (eu própria também) e preferem resguardar-se.

O dia termina forrado a sol. Parece que vem aí calorzinho.

**