11/…

Outro dia. Saí para dar outra caminhada. Daquelas mesmo revigorantes. Por momentos esqueci-me da actualização da DGS a acontecer, diariamente, ali por volta do meio dia. Não encontrei ninguém pelo caminho o que me levava a crer que os portugueses estariam em total cumprimento. Só que não. No meu caso que fui para o campo onde só há ervas, flores, pastos e animais de pequeno porte não é problemático. Na avenida na Póvoa de Varzim a coisa pia mais fino. Mas as pessoas querem lá saber. Para quê ter cuidados?!

Enfim. Enfiei-me em casa para cumprir de novo a minha quarentena. Voltei a ler o livro do início porque já não me lembrava da história e baralhava a realidade com a ficção. Ainda só cumpri 11 dias. Parece-me que a missa ainda agora vai no adro…

**