Perder a conta aos dias…

Não sou propriamente uma pessoa muito forte emocionalmente. Embora muitas vezes o seja, mesmo sem saber. Os últimos tempos não têm sido nada fáceis (para ninguém), para mim têm sido ainda piores porque não me consegui reabilitar e fortalecer a tempo para viver uma situação como esta. Não fui capaz.

Todos os dias são uma amálgama de horas passadas. Todos os dias estou triste por uma ou outra razão e na maior parte dos dias, ninguém mesmo ninguém, percebe ou nota ou sabe disso. Certos momentos são muito duros, e muitas, tantas vezes sinto-me muito sozinha e sem saber como o Mundo se irá amanhar. Sinto saudades, vagueio nas lembranças e vou passando na mente tudo o que fui..

Não é fácil quando se esteve lá em cima e a vida nos forçou a descer tantos degraus..assim, lentamente, como quem não quer a coisa..

Dias cinzentos numa alma como a minha, tão cinzenta..

**

(Mais um Dia da Mãe sem a minha Mãe, com uma dor gigante dentro do peito).