Confort is the new black.

Já mal sou capaz de andar de saltos. Só ando de rasos, de ténis, de calçado super confortável. Estou certa se afirmar que se democratizou o uso dos ténis, que não estão associados a desleixo, a deixa andar, a pessoas pouco cuidadas. Estou certa se afirmar que se deve ter reduzido (e muito) a venda de saltos agulha, de sandálias com saltos agulha, de botas com saltos agulha. É impossível, ninguém consegue aguentar aquilo sempre, é uma tortura que se consegue aguentar uma a duas vezes por ano, durante umas horas. Há uns anos atrás andava de saltos de manhã à noite, de fato completo fizesse frio ou calor, com as unhas arranjadas. Agora não tenho paciência nem gosto para isso, quero poder tirar o verniz quando e se me apetecer, e ando cada vez mais desportiva. O meu trabalho a isso me permite. Tenho reuniões presenciais de trabalho uma vez por ano e até nesses dias os e-mails com o programa alertam para o uso de ténis ou calçado confortável. Toda a gente desde a base até ao topo usa roupa confortável e não deixa de estar impecável por isso. O profissionalismo, a competência, as grandes capacidades estão para além de saltos agulha ou blazers. Há dias em que uso blazers (muitos dias até) mas nos pés está sempre conforto.

**

Advertisements

Bom dia!

O sol ainda brilha fraquinho..mas já brilha.

Bom dia para esse lado.

**

Verde em mim.

Não parece mas é verde. Gosto muito de me vestir de verde, de usar acessórios verdes. Verde é Esperança e eu bem preciso dela, afogada que ando nos meus próprios olhos tristes. Não sei o que avizinha o futuro, sei que vou ser a forte que sempre sou e serei. Uma gigante com pés de barro, mas sempre com garra para ajudar quem tiver que ser. O trabalho da semana está quase terminado, depois será outro o rumo.

Ainda os benfiquistas celebram o título, ainda as notícias se enchem de pessoas vestidas de encarnado..Que dizer, que pensar …Varandas da capital abertas para receber em apoteose os rapazes do Benfica quase Selecção Nacional… Havia mesmo necessidade disto, de ver o Luís Filipe Vieira depois de tantos rumores de casos x e y, aos saltitos na varanda da Câmara?! Mas o que é o Benfica?! Lisboa é a capital do nosso país, queriam fazer isto, íam para a Junta de Freguesia de Benfica. Raios parta o Benfica, já não se aguenta..

**

New week.

Vamos lá começar mais uma semana longa. Muitos projectos, um ritmo muito acelerado para tudo estar feito e nada falhar.

Está sol, diz que o tempo de Primavera se mantém e portanto, com sol, é tudo mais fácil.

Bom dia para esse lado.

**

Sunday’s being sunday’s.

Não sou pessoa de fazer grandes passeios ao domingo. Se calhar faço mal. Mas gosto desta madorna que caracteriza os domingos.

Não me dá para dormir. Dá-me para ficar de roupa desportiva, sem me pentear, sem me maquilhar e sem sequer lavar a cara. O tempo estica sempre mais aos domingos. Estudei com o pequeno o Estado Novo, a Guerra Colonial e a Revolução, cozinhei uma bela bolonhesa, fiz umas 5 máquinas de roupa, que estendi, apanhei e dobrei, lavei varandas, arredei móveis, aspirei, arrumei roupas, e nos entretantos ia-me olhando ao espelho a pensar que não tenho vontade nenhuma de me arranjar. E que portanto o mais certo é me afundar no livro, devorar mais um pouco do ovo de Páscoa que tinha ali, e fazer zapping nos mil canais que nunca vejo nas inúmeras polegadas que aqui tenho para desfrutar e a que também raramente dou uso.

Os domingos tem que ser o que as pessoas bem entenderem. Uns vão á beira mar, outros vão comer doces conventuais, festejam o campeonato, e bebem umas cervejolas frescas. Outros deixam-se estar. De cabelo desgrenhado e apanhado para disfarçar.

Sabe-me tão bem estar assim.

**

Domingo.

Não sei que tempo está, que tempo vai estar. Sei que é domingo, toda a gente ainda dorme à conta dos festejos tardios e eu, claro, já acordei.

Bom domingo para esse lado.

**

A Preto e Branco.

Não sou do Benfica. Nunca serei do Benfica. Não me importo que toda a gente seja do Benfica. Que até sejam olhados de lado os pobres humanos que se lembraram de ser de outros clubes ou que até nem sejam de clube nenhum. O Benfica tem milhões de adeptos. Terá, por isso, milhões de adeptos que nem me atrevo a qualificar. Há adeptos do Benfica que não aceitam que não se seja daquele clube. Por vezes sou quase escorraçada por ser de outro clube. O Benfica traz-me as piores recordações que um dia me pode trazer. Não acredito que mais alguma vez volte áquele estádio ou sequer que consiga ouvir aquele hino. Estou a ver imagens na televisão. Nem sei como, sabendo que muito mais me valia ver um programa tipo Masterchef ou até o Festival Eurovisão da Canção.

O que leva tantos milhões de pessoas a arriscarem assim as suas vidas?! O futebol pode ter esta dimensão?! O que une estas pessoas?! Que fenómeno é este que me escapa, que me ultrapassa?! Não sei se o Benfica é uma Nação, se esta Nação é assim tão triste que perde um sábado à noite para se unir em prol nem eles sabem de quê. Isto não é dor de cotovelo, se fosse o Sporting a ter ganho, e se visse comportamentos destes, discursos destes, pensaria o mesmo.

Estou longe de conseguir sentir o que sentem estas pessoas. Talvez nunca consiga. Não sei se é bom se é mau. Ouvi uma senhora a dizer que amava o Jonas, amava o marido e o Jonas. O que pensar?! Rir, Chorar, envergonhar-se?! E os que choram, e beijam as camisolas e têm tatuado o João Félix que ainda agora é uma criança e daqui a um par de dias já está noutro país, noutro campeonato?! O meu filho quer ter o cabelo como o João Félix e ontem pediu ao dentista para lhe pôr o aparelho nos dentes rapidamente porque o Félix tb tem. Custa-me não o ter conseguido demover, que tenha aqui em potência um Gritador de “Glorioso, SLB” esse hino inconfundível. Respeito as opções de todos, até aceito que tenha saído de dentro de mim, um dos milhões que a cada nascimento se transformam em membros deste clã.

Lá está, o Benfica tem destas coisas. Todos nós temos que assumir que foi claramente o Melhor. E, educadamente, dar os Parabéns a todos os benfiquistas!!

(P.S. Ah, queria só dizer que o Benfica tem igualmente adeptos para lá de muitas estrelas..)

**